Cingapura – Guia Básico
22/03/2017
Myeongdong
Seul Prática: Onde ficar, Internet, Transportes e Comida
25/04/2017
Exibir tudo

Coréia do Sul – Tour DMZ/JSA

JSA

JSA/Base da ONU

Um dos passeios imperdíveis para se fazer quando estiver em Seul, é ir ate a fronteira com a Korea do Norte.

O tour te leva ate a Zona Desmilitarizada da Coreia e na Joint Security Area, incluindo visitas ao museu da DMZ, visita ao observatório Dora, onde é possível ver as montanhas do Norte, entrada no Terceiro Túnel e ao ponto alto do tour, a visita a JSA. A JSA é uma área controlada pela ONU e pelo exercito americano, onde realmente é possível colocar o pé na Coreia do Norte.

Como reservar: Algumas agencias fazem esse passeio em Seul. As mais conhecidas são a Cosmojin e a Korridor.  A reserva é feita pelo site e a confirmação por email.  O pagamento é feito no dia do passeio.

Eu fui pela CosmoJin e peguei 137.000 Wons por pessoa (US 120)

A koridoor é mais barata (media de US90) pois é uma agencia relacionada ao governo, porem não consegui vaga.

Reservar com mais de 2 semanas de antecedência é indicado pois o tour não sai todos os dias e é super procurado.

Existem dois tipos de tour: o passeio que leva somente ate a DMZ (Half Day Tour) e o DMZ+JSA (Full day tour).  O melhor é o que inclui a JSA. Não vale a pena ir somente à DMZ.

O ônibus é super bom e organizado. O guia falava um inglês relativamente bom para os padrões Coreanos.

 Comida: O passeio inclui almoço em restaurante Coreano. Quem não come a comida local, sugiro levar um sanduíche ou algo que substitua o almoço oferecido. Não é possível comprar comida lá. Eu fiz isso e não me arrependi.

O tour: começa as 8 da manhã saindo de Seul. Ate a primeira para, a viagem dura de 50-60min.

A primeira parada é o Imjingak Park, seguido pela Ponte da Unificação (The Unification Bridge).

No Imjingak Park é uma parque construído como memorial para a guerra. Nessa primeira parada é possível comprar água e alguns lanches e souvenires.

Memorial no Imjingak Park

Memorial no Imjingak Park

Na saída do parque a caminho da DMZ, passamos pela ponte da Unificação.

O segundo ponto do passeio é a visita ao Museu da DMZ e ao Terceiro Túnel de Infiltração.

DMZ

DMZ

DMZ

DMZ no mapa

O túnel da infiltração visitado foi o terceiro (e ultimo) a ser encontrado pela Coreia do Sul com a a ajuda de um desertor do lado norte. O túnel foi construído pela Coreia do Norte para invadir o lado sul.  A Coreia do Sul estima que ainda existam mais túneis.

Third Infiltration Tunnel

Mapa do Terceiro Tunel

A terceira parada é no observatório Dora, onde é possível avistar as montanhas do lado Norte, e algumas pequenas cidades da fronteira. Logo apos o tour visita a Estacão Dorasan, que foi uma estacão de trem construída e nunca usada para ligar as duas coreias.

Dora Observatorio

Dora Observatório

A segunda parte do passeio, é o auge do tour. A visita a JSA e o Campo Bonifás. Nessa parte, o grupo troca de ônibus e é guiado por um militar num ônibus da JSA. No nosso caso, fomos guiados por um soldado norte americano.  A visita mostra como a JSA é dividida, onde ficam os pontos de controle e de observatório do lado inimigo. Inclui também o prédio oficial da JSA onde ocorre uma pequena explicação do conflito pelo exercito americano. A visita ao Conference Hall, onde as reuniões e tratados oficiais entre as Coreias ocorrem é ainda mais interessante. Nesse ponto você esta na Coreia do Norte e é possível ver os soldados do Norte.

JSA

JSA/Base da ONU

Fotos e Vídeos são controlados. Só é possível fotografar e filmar o lado Norte por alguns minutos. Tudo no lado sul, onde estávamos não era permitido registrar, incluindo o prédio Visitor Center. Ou seja, quando estávamos olhando para o lado norte da fronteira, tudo que estava atrás ou ao lado de nós não era possível registrar.

Alguns pontos do passeio não podem mais ser visitados e a cada momento isso pode mudar dependendo da situação do conflito entre os países.

JSA

JSA

A passeio vale muito a pena. Conhecer um pouco mais sobre a historia dos dois países e ver mais de perto o que é viver em países com conflito militar.

 

Bom passeio e ate a próxima!

 

 

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.